quinta-feira, 6 de novembro de 2008

domingo, 2 de novembro de 2008

A TEM – Todos com a Esclerose Múltipla – quer criar um Centro Multidisciplinar para Doenças Neurodegenerativas (Alzheimer, Esclerose Múltipla, Parkinson, …), com fisioterapia, psicologia, terapia ocupacional, apoio jurídico, … estas valências podem ser aproveitadas para outro tipo de doenças (AVC’s, paralisias, …).

Por a funcionar este centro custa mais de 50 Mil euros. Precisamos da ajuda de beneméritos, os quais podem fazer os seus donativos, desde 1 cêntimo, na conta com o
NIB - 0032.0663.00209376618.43.

É objectivo da TEM que os tratamentos para este tipo de doenças sejam tendencialmente gratuitos.

Só emitiremos a factura se nos enviarem cópia da transferência, nome, nº de contribuinte e morada.

Listagem de Equipamentos

I - Equipamento ginásio e boxes individuais – Fisioterapia

Marquesa elevada tipo Bobath (colchão elevado) 1
Marquesa clássica/simples (180 – 60 – 75) 6
Marquesa em madeira (180 – 60 – 75) 1
Marquesa eléctrica (tam 185 - 70 Cmax. 130kg) 2
Marquesa hidráulica simples 2
Bancos anatómicos e rotativos, ajustáveis em altura 2
Cadeiras em napa com apoio lateral 6
Conjunto de barras paralelas ajustáveis em largura (3,5m cumprimento) 1
Cadeira do quadricípete 1
Standing Frame 1
Degraus para marquesas 2
Espelho rodado quadriculado com rodas (200 – 60cm de largura) 1
Espaldar duplo (180 - 250cm) 1
Bicicleta estática com controlo de frequência cardíaca 2
Escadas com rampa (3 escadas+plano inclinado-rampa) 1
Pedaleira 1
Roldanas simples 1
Tábua de Freeman redonda 1
Tábua de Freeman quadrada 1
Carro de roupa suja (60 - 60 - 100cm) 2
Conjunto de bolas de Bobath (3 tamanhos) 1
Conjunto de pesos/halteres de 0,5kg a 5kg 1
Par de caneleiras 1kg, 2kg, 3kg 1
Conjunto de bastões (3 medidas) 1
Meias luas 6
Cunha pequena 3
Cunha grande 2
Rolos 4
Andarilho 1
Par de canadianas 1
Tripé 1
Cinto para treino de marcha 1
Aparelho de calor húmido (hidrocolector 12 compressas) 1
Aparelho/máquina de gelo (cubos) 1
Aparelho de parafina liquida 1
Vibromassajador 1
Talas de Margareth Johnson – membro superior 1
Talas de Margareth Johnson – membro inferior 1
Nebulizador ultrasónico 1
Estetoscópio 1
Esfignomanómetro 1
Dinamómetro 1
Martelo de reflexos 1
Goniómetro 2
Fita métrica 1
Conjunto de thera-Band 2
Toalhas e lençóis
Almofadas 20

II - Equipamento Terapia Ocupacional
Mesa de trabalho manual para AVD`s 1
Jogo para trabalhar motricidade fina 1
Jogo de coordenação motora 1
Conjunto “ovos” de exercício manual 1
Conjunto de plasticina terapêutica 1


III - Equipamento Electroterapia
Jonogamma 28 (ionoforese) 1
Aparelho de ultrasons (PTC) ou Gammasonic 1
Aparelho de correntes (canais independentes) ITO ES- 520 3
Aparelho de ondas curtas 1
Aparelho de pressoterapia (pressões alternas sequenciais MMss e MMII) 1

IV – Consumíveis diários
Creme de massagem
Gel de ultra sons
Parafina
Desinfectante de mãos
Luvas descartáveis
Soro fisiológico
Mascaras
Liquido de lavar as mãos
Papel higiénico
Outros…

V - Equipamento geral
Armários
Secretárias
Cadeiras
Mesas
Cacifos
Computadores
Impressora
Telefones
Fax
Papel, Canetas, lápis, borracha, fita cola, cola, …
Fotocopiadora
TV
Aparelhagem de som

Órgãos Sociais da TEM

Mesa da Assembleia Geral
Presidente – Dr. Paulo Alexandre da Silva Pereira
Primeiro Secretário – Dr. Adélia Maria dos Santos Lloyd Jones
Segundo Secretário – Dr. Carlos Manuel F. da Cunha

Direcção
Presidente – Dr. João Miguel Santos Silva Cálix
Vice-Presidente – Enf. Maria Conceição F. Azevedo Teixeira
Secretário – Dra. Maria José Ribeiro Adão de Sá Correia
Tesoureiro – Dr. Vítor Manuel Pereira Rodrigues
Vogal – António Manuel da Silva Xavier
Suplente – Ilda Ribeiro
Suplente – Maria Aurora Rodrigues Dias
Suplente – Maria Marlene Dias Vieira

Conselho Fiscal
Presidente – Dr. Luís Filipe Inteiro Teixeira
Vogal – Eng. Fernanda Domingues
Vogal – Dra. Paula Alexandra do Couto Afonso

Conselho Técnico-Científico
Presidente – Dr. José António Araújo Figueiredo
Vice-Presidente – Dra. Maria Edite Vieira Espinheira Rio
Secretário – Dr. Álvaro Alexandre Machado Salgado

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

IRS (benefícios fiscais) de pessoas com deficiência


A Esclerose Múltipla é uma doença que implica muitos gastos. De ano para ano, os benefícios fiscais dos cidadãos portadores de deficiência têm vindo a diminuir.

Consultem o blogue http://mtpd.blogspot.com

sábado, 27 de setembro de 2008

Escritura Pública / Porto de Honra

No dia 6 de Outubro pelas 14h30 faremos a nossa escritura pública na sede da Junta de freguesia da Sé em Braga. Vão intervir os deputados eleitos pelo distrito de Braga, Eng. Agostinho Lopes (PCP), Dr. António José Seguro (PS), Dr. Miguel Macedo (PSD), Dr. Nuno Melo (PP), o Sr. Presidente da Câmara e o Sr. Presidente da Junta de freguesia da Sé. Estamos a programar que a cerimónia dure cerca de 30 minutos. E depois realiza-se um porto de honra.

Espectáculo de Solidariedade

Arte Total
Companhia da Música
Auditório Vita
Braga, 5 de Outubro de 2008 às 17h 30
Programa

“Alice”

Quantas histórias existem na história da Alice?
Uma proposta para 170 interpretes de dança, baseada no texto e imagens do livro “As Aventuras de Alice no Pais das Maravilhas”, de 1865, de Lewis Carroll.

Este espectáculo de dança contemporânea é a mais recente produção da Arte Total, dentro do Programa Sentido, cujos objectivos são a divulgação da dança contemporânea e a criação coreográfica descentralizada, com fins pedagógicos.

Coreografia Joana Domingues Assistentes de Ensaio e Professores Cristina Mendanha/ Susana Cerqueira / Natália Paredes/ Ludjer Lamers Desenho de Luz Sérgio Julião.


Coro dos Cursos de Iniciação e Básico
Direcção de Tamara Sargsyan
Carla Braga, Piano
Sara Machado, Violino

M. F. Santos: Eu tenho um amigo que gosta de mim
Se o gato soubesse
Vê o girassol
Cânone do pirilampo
Queres guardar um segredo
F. Lopes-Graça: Caixinha de música
Canção de embalar bonequinhas pobres
Figuinho da capa rota
Joaquim dos Santos: Oliveirinha da serra
F. Benoit: Os cavalinhos de pau
Cândido Lima: Borboleta
F. Lopes-Graça: Ronda

Orquestra de Câmara
Direcção de Oleg Martirosov

Alunos do Curso Básico

Professores:
Ana Paula Matos, canto
Aida Sigharian Asl, piano
Amaia Perez Eizaguirre, violino
Sara Machado, violino
Gonçalo Silva, violoncelo
Telma Arrais, violoncelo

J. S. Bach: Aria em Ré maior
C. Franck: Panis angelicus
P. I. Tchaikovsky: Valsa das flores
E. Elgar: LiebesgrüssA. Vivaldi: Nulla in mundo pax sincera

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Concurso do logotipo da TEM

O prazo da entrega de trabalhos foi alargado até às 20h do dia 20 de Setembro.

Quem já procedeu à entrega do seu projecto, poderá revê-lo e alterá-lo até à data limite.

Todos os participantes terão um certificado de presença em pdf.

Os melhores trabalhos estarão expostos no dia 5 de Outubro no espectáculo de Solidariedade a realizar pela Arte Total (253611880) e pela Companhia da Música (253213908) que se realizará às 17h30 no Auditório Vita, situado no Seminário de Nossa Senhora da Conceição, em Braga (http://www.diocese-braga.pt/catequese/Contactos.php).

Os projectos serão avaliados por um júri idóneo, sendo as suas decisões soberanas e definitivas. Delas não haverá, portanto, qualquer recurso.

O Elcio Camargo (elcio@infinita.com.br) do Brasil enviou os seguintes logótipos para participar. Autorizou desde logo a sua divulgação, por se tratar de uma Instituição Particular de Solidariedade Social.

terça-feira, 29 de julho de 2008

Concurso de Logotipo da TEM

A TEM – Associação Todos com a Esclerose Múltipla está a lançar um concurso para o seu logotipo.

Todas as propostas devem ser enviadas para tem.assoc@gmail.com, até ao dia 10 de Setembro de 2008. O vencedor será anunciado na apresentação da nova associação à Comunicação Social no dia 6 de Outubro em Braga.

O que é a Esclerose Múltipla (EM)?

A EM é uma doença crónica que não tem cura, auto-imune, de causa ainda desconhecida, lenta, progressiva e desmielinizante do Sistema Nervoso Central. Na EM, os axónios (prolongamento dos neurónios, responsável pela condução dos impulsos eléctricos) e as bandas de mielina (rodeia algumas fibras nervosas, fazendo com que tenham uma condução de impulsos nervosos mais rápida) encontram-se lesados, interrompendo a condução eléctrica e originando paralisia ou perda de funções corporais. As áreas atingidas denominam-se placas e podem variar de 1, 2mm a vários centímetros, e embora cicatrizando, não são tão eficazes na condução dos impulsos eléctricos – a lesão do axónio é irreversível, ocorrendo atrofia.

Esta doença deteriora o estado geral do paciente, provocando fraqueza muscular, rigidez articular, dores articulares e descoordenação motora que causa dificuldades para realizar vários movimentos com os braços e pernas, perda do equilíbrio em pé, dificuldade para andar, tremores, e formigueiro em partes do corpo.

A fadiga é um dos mais frequentes sintomas e incapacitantes na EM (Síndrome de Fadiga Crónica), atingindo cerca de 85% dos pacientes e é um dos poucos sintomas clínicos que pode ser previsto. A fadiga é definida como sintoma subjectivo e inesperado, como uma sensação de cansaço físico ou mental profundo, perda e energia ou mesmo exaustão, é sentimento de perda de energia física ou mental que pode afectar as actividades quotidianas. (Que bom era ter uma cama no emprego.)
Em alguns casos pode causar insuficiência respiratória, incontinência ou retenção urinária, alterações visuais graves, perda de audição, depressão e impotência.

Vários estudos identificam algumas alterações sociais associadas a portadores da EM:

Cerca de 12 anos após o início da doença, mais de 60% dos doentes encontram-se desempregados e aqueles que se mantêm a trabalhar auferem piores remunerações (LaRocca e col., 1985; Mindem e col., 1987).

Em 62,5% dos casais onde um dos elementos sofre da doença existem situações de discórdia conjugal significativa (Braham e col.; Power, 1985).

As crianças que têm um progenitor com EM apresentam níveis elevados de disforia, ansiedade e alterações do comportamento (Braham e col.; Power, 1985).

40% dos doentes de com EM passam o dia sozinhos e 50% não tem suporte familiar adequado ou outro tipo de suporte social (Colville, 1983 e Harper e col., 1986)

A EM é detectada em plena fase activa da vida. Estes doentes são novos para irem para a reforma ou um lar e são velhos para irem para uma creche.

ESCLEROSE MÚLTIPLA
www.youtube.com/watch?v=rTX61qR5gfY&feature=related
www.youtube.com/watch?v=gciV1z-FMe4&feature=related
www.youtube.com/watch?v=hitXTJixN90&feature=related

Vivir con Esclerosis Múltiple
www.youtube.com/watch?v=Gzo80fQ-o-o&feature=related

RTP Esclerose Múltipla 20/10/2007
www.youtube.com/watch?v=GQuIgmENUjM&feature=related

RTP 1 - Anthony Netto - EM
www.youtube.com/watch?v=uSkpYoZPunQ

TVI – EM 25/11/2007
www.youtube.com/watch?v=bfrgOtsmVz8&feature=related

Iordonov, jogador do Sporting de futebol (esclerose múltipla)
Javier Artero - jogador espanhol de futebol (esclerose múltipla)Richard Pryor, actor de cinema (esclerose múltipla)

O que é a TEM?

Fundada em 2008, a TEM – Associação Todos com a Esclerose Múltipla, é uma associação de âmbito nacional e sem fins lucrativos. A sua sede provisória é na junta de Freguesia da Sé, sita na Rua D. Afonso Henriques nº1, 4700-030 Braga. E tem como objectivos prioritários:
apoio aos doentes de Esclerose Múltipla (EM) que podem albergar doentes de outras patologias do foro neurológico (Alzheimer, EM e Parkinson), procurando proporcionar-lhes as melhores condições de tratamento e a mais rápida e completa reinserção sócio-profissional;
organização de campanhas, actuando não só a nível da comunicação social mas também através de uma acção sensibilizadora junto do público em geral;
promoção da investigação científica e da partilha de conhecimentos, em todos os campos relacionados com o tratamento do doente de EM.

A TEM privilegia a multidisciplinaridade e o trabalho em equipa, sendo constituída por doentes e seus familiares, por profissionais de saúde de diversos ramos e categorias laborais (médicos, enfermeiros, psicólogos, etc.) e por profissionais de outras áreas (assistentes sociais, advogados, etc.), estando aberta à participação de todos aqueles que, directa ou indirectamente, pretendam contribuir para a prossecução dos seus fins.

Pretende criar um Centro Multidisciplinar para Doenças Neurodegenerativas (CMDN), em particular para a EM, que pretende dar apoio aos doentes e familiares, privilegiando a multidisciplinaridade, assistida por todas as valências com neurologia, enfermagem, psicologia, fisioterapia, terapia ocupacional, terapia da fala, apoio jurídico, etc. Pretende igualmente funcionar como centro de dia para os doentes, que por razões de saúde, já não tenham ocupação profissional.